quarta-feira, 5 de julho de 2017

PLANEJANDO O QUARTO DO BEBÊ

Descobriu a gravidez e já começou a pensar no quarto do bebê? Hoje vou dar dicas do que não pode faltar no quarto do bebê.
Quando começamos a pesquisar e planejar o quarto do bebê percebemos que não é uma tarefa muito fácil, muitas coisas surgem em nossa cabeça e o fácil acesso as redes sociais e a itens, objetos e ao universo infantil acabam, muitas vezes, confundindo mais ainda. Mas o que será realmente importante e necessário para o quarto?
Vamos lá! Aqui vou fazer uma “lista” dos itens fundamentais.
Vamos começar falando do berço que precisa ter altura ajustável, aonde você vai alterando de acordo com o crescimento do bebê. O ponto mais importante é verificar se o berço tem o selo do Inmetro. Em relação à localização do berço é bom evitar que ele fica em uma posição onde receba correntes de vento e também evitar que ele esteja muito próximo a janela. Falando um pouco do colchão, não se esqueçam de comprar um do tamanho correto do berço e também verificar a densidade adequada para o berço.

Agora vamos falar um pouco da cômoda, que é um item muito prático e que auxilia muito, principalmente quando a mãe esta sozinha. Além de servir para guardar algumas roupas e objetos, na primeira gaveta é bom guardar os itens que você vai usar para trocar a fralda e a roupa do bebê, pois o trocador vai estar em cima do tampo da cômoda, o que vai ajudar muito! Na hora da compra verifique se a altura da cômoda é confortável para você.

Vamos falar de um item que gera conforto e tranquilidade para a mamãe, a poltrona de amamentação, na hora da compra o meu maior conselho é: teste todas as opções e veja em qual você se sinta mais a vontade e mais confortável, pois você vai passar muitas horas ali, além disso, ela auxilia muito no aleitamento materno. Não se esqueçam da almofada de amamentação, que deve ficar junto da poltrona.

Ainda no quarto do bebê, vamos falar um pouco da iluminação, aconselho a ter um abajur ou uma luz indireta para que possa ser usada quando o bebê estiver dormindo e você não quiser deixar ele totalmente no escuro, para a amamentação noturna e também para a troca de fraldas no período da noite.

Antes de irmos para o banheiro, quero falar de um item de segurança muito importante, a rede de proteção da janela ou grade, ela é importante principalmente para quem mora em prédios e não só no quarto do bebê, mas em todas as janelas da casa.
Vamos para o banheiro? A banheira deve ter uma boa altura, para que você evite dores na coluna, ter um “ralo” para retirada da água. Uma dica são banheiras com “tampa” que vira trocador, facilita muito a hora do banho.

E por ultimo, vamos falar do carrinho, procure um carrinho prático e leve, onde você não tenha dificuldade para abri-lo e fechá-lo, pois muitas vezes você vai estar sozinha com o bebê e também não se esqueça de verificar o selo do Inmetro.


Bom, é isso! Viram que com poucos itens você consegue atender as necessidades do bebê? E ai, o que acharam? Gostaram? Espero que tenha ajudado!

quinta-feira, 8 de junho de 2017

ETAPAS DE MONTAGEM DO QUARTO DO BEBÊ

Assim que descobrimos que o bebê esta a caminho, damos inicio a uma rotina de consultas médicas, exames, novos planejamentos (tanto pessoais quanto financeiros), dúvidas, pesquisas, escolhas e muitas outras coisas. Mas ao pensar na chegada do bebê uma das primeiras coisas que vem a cabeça e que é imaginada e idealizada é o quartinho que vai abrigar esse bebê, mas será que realmente preparamos esse espaço para a mamãe e o bebê, que serão os maiores usuários do ambiente? Preparar o quartinho para receber um bebê não é apenas mudar a decoração!
O processo de escolha e montagem do quarto traz várias preocupações aos pais e se compararmos é um dos quesitos de maior investimento para a chegada do bebê. E ai surge às primeiras dúvidas, quando começar a comprar as coisas? Quando começar a montar? Saber o sexo é realmente fundamental? Esse produto é realmente necessário? É prático e funcional? É resistente? Posso aproveitá-lo de acordo com o crescimento da criança? E muitas outras...
Foi pensando nisso tudo e participando do dia a dia na elaboração de projetos e conversas com futuros pais que resolvi escrever um pouco sobre o assunto. Hoje vou dar algumas dicas, recomendações e soluções para que a montagem do quarto do bebê seja realizada da melhor maneira possível. Porque afinal de contas não vale a pena sair comprando tudo sem realmente saber sua utilidade e se vai ser prático, funcional e se adéqua ao espaço do quarto do bebê.
Vamos falar um pouquinho sobre o protagonismo e as fases de desenvolvimento do bebê. Os primeiros dias e meses, mesmo que todos queiram conhecer o bebê e a atenção da maioria esta voltada pra ele, não podemos esquecer-nos da mãe, e é por isso, que na hora de planejar o quarto o espaço dela tem que ser muito bem pensado, confortável e de fácil acesso, pois ela vai passar mais tempo nesse espaço que em qualquer outro ambiente da casa. Ela precisa de uma cadeira confortável para que possa amamentar ter um acesso fácil ao bebê e ao berço, porque muitas mães vão passar por uma cirurgia (cesariana) e vão ter sua mobilidade reduzida até a recuperação. Podemos falar que nessa fase a mãe é a protagonista do espaço.
Passado esse período inicial de adaptação e amamentação o bebê começa a ser o protagonista do seu quarto e é ai que ele começa a interagir mais com o ambiente e é onde podemos adotar métodos (como por exemplo, o Montessori) e filosofias para a criação e desenvolvimento da criança.
Agora vamos começar a prepara o quarto! Se você já escolheu o espaço, ótimo! Agora é hora de pensar no tempo de preparação do quarto e isso vai depender do que os pais querem fazer, uma reforma completa, alterar pontos elétricos e iluminação, instalar forro, fazer ou refazer a marcenaria, o tempo de inicio vai depender de tudo, mas o ideal é que o quarto esteja pronto até por volta da 35a ou 36a semana da gestação. Porque ai você vai conseguir tempo suficiente para que, por exemplo, o cheiro de tinta saia e também tem alguns dias ou semanas para resolver alguns imprevistos que possam vir acontecer. É por isso que o planejamento é muito importante e é ai que entra um dos papeis do profissional responsável pelo desenvolvimento e execução do projeto.
Vou dar um exemplo do que pode acontecer, a marcenaria e os móveis normalmente tem um prazo mais longo de execução e entrega, muitas vezes em torno de 60 dias, e ainda pode ocorrer algum imprevisto e esse prazo estender por mais alguns dias, como por exemplo, se o material para execução da marcenaria não estiver em estoque e atrasar para ser entregue. O ideal é que no ultimo mês de gestação todo o mobiliário já esteja entregue e instalado, para facilitar e ter um bom tempo para organização das roupinhas, fraldas e todas as coisas necessárias para o bebê.
Não podemos desesperar e querer tudo pronto! Lembramos que alguns detalhes, como os objetos de decoração, podem ser colocados no lugar até o ultimo dia da gestação, não precisa correr e estressar, e além disso, tem coisas que só serão utilizadas depois de um tempo e não nos primeiros meses, essas podem ser compradas depois, garantindo mais tempo para pesquisas e tomadas de decisões. Não estou falando que você pode deixar tudo pra ultima hora, não é isso! Quero dizer que você deve preocupar com o que realmente é necessário.
Como começar? Ao descobrir a gestação os pais devem começar as pesquisas e buscar informações sobre esse novo universo. Vão pesquisar preços e começar a calcular o que estão dispostos a investir. E ai, vão ingressando no universo bebê, onde vão visitar vários sites e redes sociais e ver a infinidade de possibilidades para a decoração do quarto do bebê. É assim que vão começar a decidir sobre temas, cores, estilos. Após curtirem e sonharem com o espaço é que entra o profissional da área, ele vai transformar o sonho e as pesquisas dos pais em realidade e também dentro do orçamento estimado. Quanto antes iniciar essa etapa, maior o tempo e maior a chance de economizar.
É aqui que começa a reforma: as adaptações estruturais, a mudança e acréscimo dos pontos elétricos e de iluminação, o piso, etc. Eu sugiro que essa fase seja executada até o quarto ou quinto mês de gestação, pois fazendo assim você consegue dedicar mais atenção aos detalhes que, por exemplo, dependiam do conhecimento do sexo do bebê e a partir de agora a barriga começa a pesar e a dificultar em algumas atividades.
Com a reforma realizada, o “grosso” como muitos falam, já concluído é hora de deixar o quarto como cara de quarto de bebê, é hora da decoração, isso provavelmente vai ser iniciado entre o sexto e sétimo mês de gestação. Agora é hora de definir o enxoval, objetos de decoração, mimos e lembrancinhas, kit higiene, acessórios para banheiro, esses pequenos detalhes que são mais tranquilos de ser organizados e colocados no lugar. Tudo deve estar pronto para que no último mês de gestação a mãe consiga descansar e curtir o quarto do bebê enquanto aguarda a sua chegada.

FOTO: Arquivo pessoal - Tirada na loja Joli Bebê, na Pampulha em Belo Horizonte.

quinta-feira, 27 de abril de 2017

LUMINÁRIAS CRIATIVAS

Elas encantam, cabem em vários lugares, podem ser objetos de decoração além de iluminar e trazer aconchego ao espaço.
Hoje no mercado encontramos vários tipos e modelos de luminárias, desde a mais clássica até a mais moderna e criativa. Vamos falar um pouquinho dos vários modelos criativos e que completam a decoração do quarto da criança ou do espaço infantil.

As luminárias são versáteis e atraem olhares, pois se destacam de forma pontual, mesmo não estando acesas, pois elas têm muita personalidade.
Já quando estão acesas trazem uma luz difusa, especial e ajudam na criação de cenários e ao mesmo tempo, iluminam na medida certa!

Agora vou mostrar alguns modelos criativos para vocês! Hoje você encontra esses modelos em vária lojas como na Imaginarium, na In 8 Home, na Loja Tip e em várias outras lojas.
Essa em formato de sorvete é da Imaginarium, para um quarto inspirado no verão fica um charme.



As duas acima são da In 8 Home e além dessas eles tem mais opções. Para um espaço onde o sonho e a criatividade possam ser despertadas.
Já essa luminária além de criativa é educativa, a criança pode aprender as letras e a formar palavras e frases.



As letras estão em alta, além dos espaços infantis você também pode utilizá-las em vários ambientes.


Agora basta escolher a sua preferida ou a que combine melhor com o espaço da sua casa!

terça-feira, 28 de março de 2017

SUPER HERÓIS e SUPER HEROÍNAS

Vamos falar um pouquinho e dar dicas de decoração de super heróis e super heroínas, o que vou falar vale para todos! E quem é que nunca teve um super herói ou super heroína preferido? A lista é imensa...tem o Batmam, o Homem-Aranha, a Mulher Maravilha, a Mulher Gato, o Capitão América, a Elektra e muito mais, não preciso falar de todos, mas você pode escolher o seu preferido ou o do seu filho e se inspirar no que juntei por aqui pra você!
Para a decoração ficar ainda mais divertida podemos também adicionar cores, texturas, papéis e adesivos ao ambiente. Ou você pode usar tons neutros ou até mesmo um papel de parede neutro e ousar nas peças decorativas, como almofadas, quadros, tapetes e até mesmo na roupa de cama.
Pode também mandar para uma gráfica uma imagem de que você goste e dela criar um adesivo para colocar na decoração.
Bom, acho que deu pra fazer um breve resumo sobre como decorar um quarto de super herói ou heroína incrível. Agora vou deixar algumas inspirações:















E ai, gostaram das dicas? Aproveitem as inspirações e não deixem de me contar o resultado.
Aproveite e vá até o Instagram e conheça um pouco mais sobre @decor.mundo.infantil

Fonte: Pinterest

terça-feira, 1 de novembro de 2016

A DOULA E A GESTANTE

O post de hoje é sobre um assunto que já tem um tempinho que não falo! Vamos conversar sobre o acordo entre a doula e a gestante, ou melhor, a parturiente. Vou falar um pouco sobre os serviços prestados, limites e honorários, vamos lá?

Pra começar vou relembrar com vocês o que é uma doula: essa é uma palavra de origem grega que significa serva. Historicamente as doulas são mulheres que acompanham outras mulheres (e casais) durante o trabalho de parto e o parto. A doula auxilia dando apoio emocional, conforto físico e, de acordo com a necessidade, mediando à comunicação com a equipe de assistência para assegurar que a mulher (o casal) receba as informações que necessita para tomar decisões informadas acerca do parto. O compromisso da doula é com o casal e não com a equipe de assistência ao parto.

Depois que relembramos o que é uma doula, vamos falar de disponibilidade. A doula esta disponível para atendê-la por telefone a qualquer hora do dia ou da noite, ela verifica frequentemente se há mensagens ou ligações perdidas e retorna. Infelizmente, por motivos profissionais, a disponibilidade para ir ao encontro da mulher (do casal) imediatamente muitas vezes não é possível, pois as cidades estão cada vez mais congestionadas e outras vezes a doula esta em outro compromisso, mas não se preocupe, dependendo do momento do trabalho de parto que você estiver, a doula identifica um modelo de atuação, ela pode orientar uma pessoa próxima a você, pode acionar uma doula parceira enquanto ela chegue até você.
Vamos falar sobre o contato do casal interessado e a doula antes do parto. Esse contato deve acontecer o quanto antes, pois se trata de uma relação onde a confiança prevalece, por isso, é desejável, no mínimo, um encontro com a presença do seu companheiro para que ambos se conheçam e possam explorar e discutir suas prioridades, preferencias, medos, expectativas e apreensões, é um encontro onde vão discutir e familiarizar mais com o plano de parto (tem um post falando sobre isso). Além deste encontro a doula esta sempre disponível para contato através de telefone, e-mail, whatsapp e skype sempre que quiser conversar ou esclarecer alguma dúvida.


Quando o trabalho de parto começar é necessário que você entre em contato com a doula, mesmo que seja de madrugada, assim que você achar que o trabalho de parto começou entre em contato com ela. Mesmo que ainda não seja necessária a presença da doula é bom para ela se organizar e já ficar de sobreaviso. Por telefone, a doula, pode responder perguntas, dar sugestões e acompanhar os primeiros momentos. Juntas, vocês decidiram o melhor momento para que ela possa ir ao seu encontro, seja em seguida ao primeiro telefonema ou no decorrer dos acontecimentos. Esse encontro pode ser na sua casa ou já no hospital.


A partir do encontro da doula com a parturiente, excetuando-se circunstâncias extraordinárias, a doula permanecerá com você até depois do nascimento do seu bebê. Durante o trabalho de parto será usado técnicas de conforto físico tais como respiração guiada, movimentos e posições favoráveis ao trabalho de parto. A doula sempre procura inserir seu companheiro (ou acompanhante) na cena do parto, de modo que as massagens localizadas poderão ser feitas por ele. Nesse período a doula sempre estará oferecendo apoio emocional e fazendo reafirmações. Além disso ela irá auxiliar na obtenção de informações sobre a progressão do seu trabalho de parto, assegurando que você tenha as informações necessárias para fazer escolhas sobre qualquer intervenção.


A doula não pode decidir por você, somente informa-la para que assim você tome a melhor decisão. E você tem a liberdade total e sinta-se a vontade para pedir que a doula saia em qualquer momento, pois você pode sentir necessidade de ficar a sós com seu companheiro (acompanhante).
Após o parto a doula permanece com você por uma a duas horas, até que você se sinta confortável com sua família. Ela pode te auxiliar com o início da amamentação, no seu primeiro banho pós-parto e primeiros cuidados com o bebê. Ela continuará disponível para esclarecer dúvidas sobre o parto e pós parto, adaptação ao bebê e amamentação por telefone e-mail, whatsapp e skype.

Vamos falar sobre os limites de atuação da doula? E começo falando que ela não realiza procedimentos clínicos como aferição de pressão arterial, ausculta dos batimentos cardíacos fetais, toques vaginas e etc. A tarefa dela é oferecer conforto físico, apoio emocional e advogar em benefício da mulher sem tomar decisões por ela. Seu papel é ajudá-la a obter informações para que possa fazer escolhas conscientes. Caso aconteça qualquer discrepância em relação ao plano de parto é recomendado que a doula alerte a mulher (o casal) sobre isso e esteja pronta para discutir as dúvidas e preocupações, mostrando as opções.


O valor do serviço de uma doula varia de acordo com a região, estado e cidade, mas vou falar um pouco do que pesquisei e já vi que a variação é grande, dependendo do lugar tem doula que cobra entre R$300,00 a R$600,00, mas em outros lugares é mais, o maior valor que sei é R$1.500,00, mas antes de olhar somente o valor o ideal é conversar com a doula e entender um pouco mais sobre o trabalho dela e o que é oferecido. Mas sei que as doulas sempre estão abertas a negociações em relação a forma de pagamento e em casos particulares a outras opções pois a maioria é ativista da humanização, da assistência ao parto e nascimento, valorizam os benefícios significativos para a mãe e o bebê que tem uma doula e não gostariam que as dificuldades financeiras pudessem tornar seus serviços inacessíveis às mulheres que os buscam.
E aí, gostaram? Esclareceu algumas questões? Espero que sim!



Fonte: Apostila – Curso de Formação de Doulas; http://doutissima.com.br/; http://crisdoula.com/about/

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

PROJETO ONLINE

Olá! Hoje vou falar pra vocês um pouco sobre o projeto online. Vamos lá?
Esse é um serviço que vem crescendo muito e isso é devido à praticidade, ao custo e aos benefícios que um projeto desenvolvido por um profissional traz para o ambiente e para todos que usufruem dele.

Quando você entra em contato com profissional, normalmente por e-mail ou whatsapp começa o desenvolvimento do projeto. Para isso é necessário que você envie fotos do ambiente, pois é preciso saber exatamente como é o espaço, por isso quanto mais fotos, de cada cantinho, ou vídeo melhor. Outra coisa que é preciso são as dimensões do espaço, isso pode ser feito através de um desenho a mão mesmo, onde se tenha todas as dimensões.
Para continuar desenvolvendo o projeto, normalmente é encaminhado um formulário com algumas perguntas para que após ler as respostas seja possível entender as suas necessidades, seus desejos, seus gostos e estilos.
Após a análise de todos os dados entramos em contato com você para uma pré-avaliação do projeto e também para acertamos os detalhes. Após essa etapa ocorre a liberação e a confirmação do pagamento, que pode ser feito por depósito bancário ou algum meio online.
Só após a conclusão das etapas anteriores é que realmente é iniciado o projeto de criação e o desenvolvimento do seu projeto personalizado e exclusivo. Toda comunicação é feita por meio virtual e é através desse meio que você pode tirar qualquer dúvida durante o desenvolvimento do seu projeto.

O que você vai receber? Tudo o que você precisa para a execução perfeita do seu projeto:
1- Planta baixa: planta detalhada do ambiente, como todos os móveis (layout).
2- Paginação de piso: planta da disposição dos revestimentos e pisos para verificar o modo de instalação.
3- Planta elétrica: planta de pontos elétricos.
4- Planta de forro: planta da disposição do forro de gesso ou outro material (se necessário).
5- Luminotécino: planta da disposição e especificação da iluminação.
6- Perspectiva 3D: imagem do projeto para uma melhor compreensão e visão geral do projeto.
7- Mobiliário planejado: planta de detalhamento da marcenaria.
8- Lista de produtos: lista de todos os móveis e objetos sugeridos no projeto e os locais de compra.
9- Memorial descritivo: explicação em forma de texto sobre o projeto.
Tudo é enviado por e-mail.

Como não é necessário o deslocamento, o acompanhamento, a impressão, tudo é feito online o projeto tem um custo menor em relação a um projeto onde o profissional necessita ir ao local, ter reuniões com o cliente, fazer levantamento, por isso, aproveite a oportunidade, entre em contato e contrate seu projeto online. Vai ser um prazer!


Entre em contato:
Cristiane Morais
Whatsapp: 31.98669.6897

OBS: Coloque no assunto: Projeto online

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

AMBIENTES INFANTIS

Hoje vou mostrar e contar um pouquinho sobre os ambientes infantis que estavam presentes na 10a edição da mostra de decoração Morar Mais por Menos aqui em Belo Horizonte. A intensão deste post é mostrar pra vocês algumas ideias e permitir que a partir desses ambientes vocês consigam inspirações para reformar, organizar ou até mesmo projetar um espaço para os filhos e crianças.
Já me coloco a disposição para caso queriam conversar sobre projetos e reformas, como sabem amo trabalhar com arquitetura e principalmente com a área infantil. Vocês podem conhecer um pouquinho mais do meu trabalho no instagram @decor.mundo.infantil, lá além de trabalhos autorais tem dicas para os pais e inspirações.
Vou começar falando do quarto do bebê, esse ambiente é da Graça Terra que criou um ambiente pensando em uma menina. Com criatividade ela transformou uma gaveta antiga em uma mesa de apoio e utilizou retalhos para o kit berço. A sua filha foi a responsável pelo desenho na parede. O espaço ficou muito agradável e charmoso.



Já o quarto da menina, projeto da Juliana Cordeiro, Carolina Couri e Gisela Hasenclever é uma quarto lúdico inspirado no método montessoriano e foi inspirado em um desenho da filha de uma das profissionais, onde a cama é em formato de casinha, a árvore virou a estante, a rede se transformou em cadeira e o quebra-cabeça que pode ser uma mesa ou um banco.


Agora sobre o quarto do menino, desenvolvido pela Eliana Freitas, Nádia Brito e Sueli Leite foi criado pensando no videogame e no ciclismo, um esporte adorado por muitos meninos. A bicicleta esta em lugar de destaque no ambiente, já os pneus estão como suportes da prateleira e ao deslizar a porta do armário você se depara com a bancada de estudos. Pode-se dizer que o ambiente é aconchegante e radical.

Já o banho das crianças, realizado pela Mônica Murari traz a brasilidade como principal conceito, para destacar o conceito o tema Turma da Mônica. É um espaço moderno e lúdico, onde o banho se torna muito mais prazeroso.

É a vez de outro banheiro, o banho do brincar, projetado por Júlia Campos Luchese. Um espaço divertido e muito prático, o ambiente foi pensado para acompanhar o crescimento da criança. Muito charmoso e agradável.

E por fim, o meu ambiente, Cristiane Morais, que foi a casinha de boneca, não vou falar muito, pois já fiz um post falando só dele, mas é um espaço lúdico que busca despertar na criança a leveza, a doçura e a personalidade. Um espaço onde criei os ambientes de uma casa: jardim, sala de estar, sala de jantar, cozinha e quarto.




Gostaram dos ambientes infantis? Muita inspiração?
Quer saber mais sobre todos os ambientes: http://gustavoxavier.com.br/morar-mais-por-menos-bh-2016/

O blog

Esse blog tem o objetivo de juntar todas as minhas paixões: arquitetura, decoração, artesanato e o respeito e dedicação pela mulher e seu bebê. Com isso quero mostrar que posso participar do momento mágico da vida de uma cliente, desde o planejamento do quartinho, os detalhes da decoração, até o acompanhamento durante o trabalho de parto e o nascimento da tão desejada criança. Espero que possa contribuir muito e aprender com todos!

Mensagem

Aproveite e envie suas dúvidas, sugestões, críticas e elogios.

Solicite seu orçamento!

WhatsApp: 31.98669.6897

E-mail: criscm.arq@gmail.com

Se você é arquiteto, decorador, artesão ou doula e deseja divulgar seu trabalho aqui no blog entre em contato!